Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Erro!

por parasergrandeseinteiro, em 11.06.13

Numa das minhas tentativas de recolher este "material precioso" que é ver 1000 chineses/m2 todos invariavelmente agarrados ao telemóvel a ver o FaceBook, filmes ou a ler livros enquanto se deslocam... Ao ver esta personagem a ler em alta voz (irritado) porque o barulho de fundo estava a interferir com a sua capacidade de concentração, não resisti.

 Mas desta vez a câmara (telemóvel) pregou-me uma partida! Aquilo que já faço com grande habilidade, que é tirar fotografias 'de surra', transformou-se num grande FLASH!

Pimba! Fui apanhada!

Gelei e pensei: O Rapaz vai-se passar! Mas não, sorriu e fez-me um sinal com o dedo indicador e médio elevados (sinal para fotografia).

Eu fiquei atarantada, a porta do metro abriu-se, era a minha saída e perdi a foto que prova um final feliz.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:13

O que é nacional pode ser (é) bom :)

por parasergrandeseinteiro, em 11.06.13

De há muito tempo a esta parte, tenho ganho um gosto crescente por musica portuguesa.

Considero muito o trabalho nacional, e dou uma primeira oportunidade gratuita ao que atentamente vou descobrindo, e confesso que muitas vezes fico agradavelmente surpreendida!

 

Partilho o trabalho da Carolina Deslandes. Há que realçar que ela faz parte integrante de todo o projeto musical, e isso e louvável.

Carolina Deslandes - Não é Verdade

http://amusicaportuguesa.blogs.sapo.pt/558992.html

Da próxima vez Que eu voltar a cair, Se me vires a insistir Não olhes para trás.
Não vou estar em mim Se te quiser mais uma vez. Mesmo que diga que é de vez. Vou estar a mentir.

E se eu disser que foi tudo confusão. Não falo com o coração!
E se eu disser que ainda não é tarde. Não é, amor. Não é, verdade!
E se eu tiver Ainda saudades, Deixa-me cura A ferida que arde.
Deixa-me ficar Com as melhores memórias.
Acabou-se a história Não olhes para trás.

E se eu disser que foi tudo confusão. Não falo com o coração.

E se eu disser que ainda não é tarde. Não é, amor. Não é, verdade!
E se eu tentar falar contigo para voltar. Não há volta a dar!
(…)
E se eu tentar falar contigo para voltar Não há volta a dar
Se eu me iludir que te vou perdoar, Não vale a pena acreditar!
(…)
E se eu disser que ainda não é tarde. Não é, amor. Não é, verdade!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 14:12

Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas

por parasergrandeseinteiro, em 11.06.13

Dia do meu cantinho a beira mar plantado!

 

 

Mentiria se dissesse que ontem não pensei no meu pais com alguma nostalgia, saudade, e questionasse a minha ausência. Claro! São reflexões diárias, “ajustes de contas” interiores!

 

Não só porque é dia de Portugal, não porque me arrependa de alguma forma da minha mudança, tenho bem estabelecidas as minhas motivações, mas realmente amo o meu pais, sinto a falta dos dias luminosos e secos, da marginal cheia de barquinhos, da costa alentejana com o contraste de cores mais bonito do mundo, do Algarve… e claro, das minhas pessoas.

 

Ao percorrer as redes sociais, noticias online, vejo imagens e sinto o espírito dos santos. É impossível não imaginar o cheiro a sardinha, o manjerico, a cervejola na mão, as marchas…Tenho saudades das gargalhadas partilhadas numa noite quente de copos, com amigos, em Lisboa!

 

Viva o Santo António viva o São João, viva o dez de Junho e a restauração!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:43


Mais sobre mim

foto do autor




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Junho 2013

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30

subscrever feeds