Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




My choice...

por parasergrandeseinteiro, em 10.03.13

Não escolhi nos moldes que a vou concretizar...Mas decidi, e aí vou eu.

Eu, e mais eu. Sem a "manta" que me aquece.

Estou feliz com a minha coragem, orgulhosa até..., mas cheia de medo do que vou sentir, e ao mesmo tempo ansiosa por olhar para trás e saber que apesar de mil tropeções e contornos dolorosos... a vida me pos num desafio que fez de mim uma pessoa melhor.

Em breve, a minha minha vida e o meu "pertencer" terão que ser onde estou.

publicado às 22:40

 

 

O “porquê” não tem que ter uma resposta…

Eu vou partir, mas vou levar o meu coração… quero enchê-lo devagarinho, com cuidado e desta vez serei eu a tomar conta dele. Vai ser bom estar por mim, se um dia puder ser melhor quero ter os meus braços abertos a ansiar por um abraço, um peito encaixável, e um coração completo.

As situações valem o que são, mas para nós podem ser um tudo ou um quase nada, eu e tu respetivamente.

Caramba… Dei muito, e dei da melhor forma que soube, sempre com a consciência de fazer por mim e depois por nós. Mas lá no meio pensei mais em ti, mas não me quero arrepender, só aprender a perdoar-me.

publicado às 22:35

...às vezes só há um caminho, que teve que ser escolhido.

por parasergrandeseinteiro, em 10.03.13

X,

Todos os agradecimentos que lhe possa fazer são justos e merecidos, mas de todo o trabalho que desenvolvemos há algo magnífico que não quero adjetivar e que guardo aqui dentro. Admiro a sua paz e bondade, e gosto de a ter aqui guardada e lembrar-me de si. Aceite este elogio porque é uma inspiração!

A vida é uma luta“esquizofrénica” que quando avaliada pela melhor perspetiva e com a melhor energia tem soluções possíveis e desafiantes, e felizmente é assim que acontece a maioria das vezes. Outras vezes há em me sinto perdida e “atropelada” por uma sorte menos feliz… mas aí inspiro devagarinho e deixo entrar a paz (tem funcionado!). Mas confesso que passo um mau bocado.

Tomei uma decisão. Vou aceitar a proposta de Hong Kong, vou deixar o medo do desconhecido e de me arrepender de quebrar os meus laços profissionais a Portugal e vou sentir-me noutra realidade, noutro desafio… por mim, quero muito fazer isto por mim. Quero muito ser uma pessoa tranquila, boa para mim, boa para os outros… eu adoro retribuir um sorriso quando estou feliz!

A vida quer-me ensinar algo relacionado com o “medo da perda”, ainda não percebi bem mas não vou desistir.

Considero-a muito.

É muito bom ter boas referências.

Um grande beijinho do fundo do meu coração.

publicado às 21:25


Mais sobre mim

foto do autor




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Março 2013

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31

subscrever feeds