Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"É muito mais bonito quando se olha para o ajustamento de Portugal, congratulou-se Vítor Gaspar (numa conferência em Bruxelas), referindo-se aos efeitos já visíveis das medidas na redução do défice orçamental e da economia como um todo." (...)

 

"Há quem ache bonito ver o mar, a chuva a cair, o nascer e o pôr-do-sol. Há quem se comova com prados verdejantes e planícies douradas pelo trigo. Há quem fique sensibilizado com as escarpas recortadas de uma falésia ou com uma cordilheira polvilhada de neve. Há quem fique colado ao canal Panda depois de fumar substâncias proibidas e há, para finalizar, quem ache "muito mais bonito o ajustamento de Portugal".

Quais passarinhos a cantar e flores a desabrochar?

Bonito, bonito, é ver o défice menos aflito. Custe (e às custas de quem, já agora) o que custar.

 

O ministro Gaspar olha para os dados da economia como muitos olham para os calendários sensuais da Pirelli. Fascínio pelos contornos salientes de mulheres bonitas desnudadas? Peanuts.

"Bonito é ver a secagem e o emagrecimento do sector privado. Assistir à redução do défice e sentir o ajustamento económico, isso sim, faz suster a respiração e causa um arrepio na espinha de um homem. É tudo tão bonito. E estas explosões do desemprego? Que maravilha.

"Vejam bem estas curvas generosas do gráfico 6.3. Eu perco a cabeça com um bom PowerPoint, palavra de honra. Fico horas a olhar para isto, a fazer projeções".

 

Esquece-se, o (in)sensível ministro Gaspar, que o ajustamento não é uma espécie de tela que se vai pincelando a gosto, uma obra inerte cujo processo de materialização não provoca dor alheia, servindo apenas para o deleite egoísta e mesquinho do artista que a vai criando. E se a arte é muitas vezes dor, a "arte" de Gaspar é apenas e só dor.

Gaspar é um fraco artista político com poder a mais e a sensibilidade de um cacto.

"Depois de tudo o que este senhor não tem feito pelo país, atrevo-me a dizer que bonito, mas mesmo muito bonito, seria o ministro Gaspar permanecer caladito"

 

in Expresso on-line, Tiago Mesquita

publicado às 05:04


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Maio 2013

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

subscrever feeds