Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Tana Toraja, sul da ilha de Sulawesi, Indonésia

por parasergrandeseinteiro, em 18.02.14

Aviso: Imagens chocantes, podem ferir susceptibilidades dos mais sensíveis!

 

10 horas de autocarro, 321 Km!

Chegados a Tana Toraja, cidade no sul da ilha de Sulawesi e íamos "fisgados" com as cerimónias fúnebres, tão diferentes e típicas, desta zona.

Em Rantepao, Tana Toraja, arranjámos um guia. Fiz um pouco de barulho com o preço que nos propôs, mas depois de uma pesquisa pela internet aceitámos a proposta. E valeu bem a pena!

Tivemos uma experiência e participação numa tradição única.

 

Uma comemoração fúnebre tem várias cerimónias. Estas, reflectem uma mistura de tristeza, comemoração e ostentação de riqueza.

Quando um Torajan morre em Toraja, os membros da sua família realizam uma série de cerimónias fúnebres, durante vários dias, que normalmente duram vários dias antes do falecido ser enterrado.

 

O falecido não é enterrado imediatamente, mas guardado em numa casa tradicional com a família, Tongkonan, como os locais chamam - sob o mesmo teto com a sua família.

 

(Imagem a ser introduzida assim que as condições de WiFi o permitão)

 

Os Torajans consideram que até ao enterro propriamente dito a pessoa apenas está a sofrer de uma doença e não morta. Quando o primeiro búfalo é sacrificado, então o seu espírito pode começar a sua viagem à Terra das Almas.

 

 

 

 

A grande questão aqui é: uma comemoração destas requer um investimento financeiro significativo e pode não haver liquidez disponível para o fazer de imediato.

Por tradição, as famílias guardam os corpos preservados em bálsamos e mumificados, até terem o dinheiro necessário para fazerem o funeral com todos os requisitos necessários.

Este empasse pode demorar de 1 até 10 anos, dependendo do condição financeira da família. Se tiverem posses é mais rápido.

 

Minhas perguntas:

"Dormem perto ou com corpo?" - Sim, ao lado. Na mesma cama.

"Não cheira mal?" - Um pouco. Mas no processo de mumificação, colocam um tubo de bambu para vazar os líquidos das entranhas e com o tempo deixa de deitar cheiro."

(Já devia estar verde-acinzentada nesta altura)

O guia ainda referiu: "vocês poupam dinheiro para as férias, nós poupamos dinheiro para os funerais das nossas famílias".

 

A família do falecido deve fornecer as dezenas de búfalos e porcos que compõem estas cerimonias. E os convidados também oferecem.

 

 

 

 

 

 

 

 

Um bufalo categorizado como "mercedes" por ser de uma categoria superior. Segundo o nosso guia, esta criatura custa o equivalente a 8000 euros.

 

No funeral onde estivemos o falecido era de um estrato social elevado, e isso fazia-se notar no número de convidados (cerca de 2000) e abundância de animais.

 

Como tinha mais de 24 búfalos para sacrificar no seu funeral teve direito a uma estátua de madeira chamada TaoTao:

 

 

Não assistimos a luta de búfalos e galos, também típica.

 

Os membros da família abatem os búfalos e porcos oferecidos e do combate. Acreditam que o espírito do falecido vai viver em paz depois disso.

 

Os búfalos são abatidos e a carne distribuída aos visitantes do funeral. A distribuição é realizada de acordo com as posições sociais dos convidados, e o espírito do falecido também tem direito a uma porção de carne, conhecida localmente como Aluk Todolo.

 

 

As cabeças dos búfalos são devolvidos à família e os seus chifres colocados na frente da sua casa. Quanto mais chifres decorarem a frente da casa, maior o estatuto do falecido. O corpo não é enterrado até alguns dias após cerimónia.

 

 

 

Durante as comemorações há várias danças, sons de gritos dos membros da família.

 

 

 

 

O morto é enterrado - o descanso final - numa gruta natural ou esculpida para o propósito, ou em suspensão numa montanha ou mais raramente no solo.

 

 

 

 Familiares do falecido.

 

 

 

 

E foi assim a minha experiência, forte, intensa e marcante.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:49



Mais sobre mim

foto do autor





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Fevereiro 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
232425262728






eXTReMe Tracker