Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ui! Acho que arranjei uma carga de trabalhos!

por parasergrandeseinteiro, em 23.09.14

Adoro pão!

Casa sem pão, é para mim... um desconforto! Não há pão, não há comida!

 

Desde que sai de Portugal que nunca consegui encontrar uma padaria que me agradasse. Resolveu-se o assunto com uma maquina de pão.

Não é pão de Mafra ou Algarvio mas estou super feliz com os pães deliciosos que preparo. Muito mais saudáveis e variados!

 

Agora vamos ver quais as consequencias de comer pão quente todos os dias!

 

Vou ter que me controlar!

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:01

Do longe se faz perto

por parasergrandeseinteiro, em 30.06.14

Há uns dias um amigo que conhecemos cá fez anos, e tem temporariamente a mulher e a filha em Lisboa, por isso convidámo-lo nesse dia para vir cá a casa jantar e fizemos-lhe uma surpresa.

Cantámos os parabens todos juntos, nós pessoalmente e a família por Skype!

Para mim festejar os anos faz-me muito sentido, não adoro fazer anos mas é o nosso dia.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:15

Já no final da "road Trip"

por parasergrandeseinteiro, em 26.06.14

 A última "voltinha" (2014.06.14 and 15)

 

 

 

Perth:

 

 

 

 

 

City Beach: Mais um pôr-do-sol

 

 

 

 

Cottesloe Beach:

 

 

 


Sorrento beach:

 

 

Fremantle (tem muitos edifícios coloniais e mercados, muito agradável para "bater perna"):

 

 

E assim terminou uma "Road Trip" de Perth a Exmouth e de Exmouth a Perth. 

Apanhei o avião de Perth para Melbourene de coração cheio.

 

 

 

Resumo: WESTERN AUSTRALIA trip

2014.06.07

Pináculos

Lancelin Beach

 

2014.06.08

Geraldton

Shell Beach, Wulgada

Shark Bay - World heritage area: Hamelin pool (Estromatolitos)

 

2014.06.09

Shark Bay - Monkey Mia - Dolphin resort

 

2014.06.10

Exmouth Lighthouse/ SS Mildura Wreck

 

2014.06.11

Tantabiddi Boat Ramp, Ningaloo Marine park (tubarões baleia)

 

2014.06.12

Cape Range National Park:Yardie Gorge trail

Turquoise Bay - Bloodwood Creek

 

2014.06.13

Coral Bay: Ningaloo reef

 

2014.06.14 and 15

Perth

Frementle

Cottesloe Beach

City Beach

Sorrento beach

Melbourne

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:33

Ai Senhooooores!

por parasergrandeseinteiro, em 24.06.14

Não ter uma selecção nacional para torcer, e me enervar MUITO, faria de mim uma pessoa mais tranquila!

 

Olha que caramba!: 5 minutos depois do começo do jogo PUMBAAAAAA um golão - fico eléctrica... passo mal o jogo todo porque empatamos, sofremos mais um e nos últimos segundos PUMBAAAAAA mais um golão... Ai Senhooooores!

Eram 8 da manhã. Tanta adrenalina ao acordar nem é saudável!

 

 

As esperanças são poucas, mas enquanto for possível acredita-se até ao fim.

Não sei fazer a coisa por menos... e esta situação inquieta-me!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:46

Meu Twingo Boy!

por parasergrandeseinteiro, em 29.05.14

Foi o meu primeiro carro. Não o recebi novo, mas nem uma mão cheia de anos contava na altura.

Cada vez menos me prendo a bens materiais. O valor das coisas está nas lembranças que guardo e andar com tralha deixou de ser o meu género.

Hoje, 20 anos depois, o meu pai vendeu-o a um coleccionador de Twingos. Achei piada!

 

Gosto muito de me lembrar de todas as aventuras que vivi neste carro e tão carismático que se tornou no meu grupo de amigos.

Quantas pessoas transportei, quantos Kms lhe fiz...? E poucas vezes me deixou mal.

Rebentei-lhe uns pneus, queimei-lhe a cabeça do motor e mais umas quantas peripécias às vezes a horas impróprias. Cumpriu e adorei ter um Twingo, não roxo como havia quem o achasse, mas CINZENTO! ;)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:32

Era outra vez...

por parasergrandeseinteiro, em 01.05.14

Ora bem...

Há exactamente 9 meses achei por bem comprar 3,400Kg de amaciador

Já que estava a encomendar o amaciador que queria do outro lado do mundo, encomendei duas embalagens de 60 Oz e deu nisto...

 

(Era uma vez

 

9 meses depois, tenho a dizer que comecei hoje a segunda embalagem!

Sim! Eu trouxe cerca de 2Kg de amaciador de Hong Kong para Melbourne.

(Não se estranha se eu disser que o J acha isto um despautério!)

 

Cada um com a sua pancada! Eu adoro este amaciador, para mim este faz o que nenhum faz ao meu cabelo... e quando acabar vou encomendar mais. Talvez não tanto, mas é possível que repita a proeza.

 

Para a viagem da Indonésia fiz mini frascos com amaciador para levar.

Ontem estive a lavar os mini frascos e na minha vertente mais obcessiva virei-me para o J e perguntei:

- Ai... Este cheiro é maravilhoso. Não achas?

Ele sem me dirigir sequer o olhar e descontextualizado do que eu estava a falar, respondeu-me:

- Que cheiro horrível. Se cheirasses assim não conseguia estar ao pé de ti!

 

Soltei uma gargalhada e deliciei-me com esta falta de noção, tão característica do sexo masculino! 

 

Ora bem, eu cheiro todos os dias horrivelmente mal portanto!?

... Eu gosto! O J também mas não sabe!

LOL

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:05

O meu dia de aniversario

por parasergrandeseinteiro, em 28.04.14

Sempre festejei os meus anos e gosto de festejar as mais diversas ocasiões. É, para mim uma forma de estar na vida, celebrar momentos é tomar consciência de situações e tem tudo para ser um exercício positivo e saudável. Estar de bem com a vida traz momentos felizes e a forma que tenho de "agradecer" o bom que tenho é viver a vida com alegria. 

 

  

Desde sempre gostei de passar o meu aniversário com uma festa, fazer um grande almoço de família, cantar os parabéns com bolo e velas, convidar amigos mais próximos para o almoço em família e ainda fazer uma festa pela noite dentro com muitos amigos.

Em Portugal eu faço anos num feriado, numa comemoração da liberdade logo eu não poderia ser diferente.

Na Australia, não é o dia da liberdade mas é igualmente um feriado de comemoração que assinala a lembrança das tropas Australianas e da Nova Zelândia que serviram e morreram na guerra, ANZAC DAY.

 

O meu primeito aniversário na Australia foi um dia muito bem passado com o meu J e amigos recentes que partilharam um jantar comigo. A minha família, apesar de longe esteve muito perto e contribuiu para o meu dia se tornasse ainda mais especial e feliz, através de mensagens, emails, telefonemas e uma surpresa muito especial: Reuniram-se, pais + tios + primos +avós, cantaram-me os parabéns, sopraram as velas, beberam champanhe numa sessão de skype... fiquei sem palavras e muito emocionada.

 

 

 

 

O J levou-me a uma chocolateria clássica e repleta de delícias de chocolate (a minha perdição) e não consigo adjectivar o cacau quente que experimentei de tão bom que era, só sei que quero voltar lá.

 

 

Esteve um dia muito bonito, frio mas solarengo e seco, o que nos permitiu acordar cedo e ir passear pela cidade para ver as comemorações do ANZAC DAY.

 

 

 

 

 

 

Fomos almoçar os dois, um bom bife Australiano acompanhado com bom vinho.

 

 

Fiz um jantar para amigos, cantamos os parabéns, soprei as velas e comi (muito) bolo.

 

Foi um dia muito, muito bem passado.

25 de Abril, SEMPRE!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:04

Por aqui

por parasergrandeseinteiro, em 18.04.14

Como tenho andado um preguiçosa para escrever, aqui vão algumas imagens que testemunham o meu dia-a-dia:

 

 Passeio de domingo a Brighton:

 

 

 

 

 

 

Quando somos brindados com dias de sol, os dias frios ganham umas cores especiais.

 

Passeios pelo centro de Melbourne, pejado de recantos cheios de charme:

 

 

 

 

 

 

 

Já temos sofá, e tão bem que o tenho aproveitado:

 

 

 

Conduzi pela primeira vez em Melbourne com vários graus de dificuldade:

1 - Conduzi com o volante do lado direito e do lado esquerdo da via;

2 - Não conheço as estradas e claro que me perdi;

3 - Escolhi a hora de ponta para me estrear.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:43

Para noites de insónia

por parasergrandeseinteiro, em 10.04.14

 

Flocos de aveia quentinhos!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:38

2014, um novo ciclo. Um novo desafio!

por parasergrandeseinteiro, em 06.01.14

Hong kong e o sudoeste asiático marcaram a minha "caminhada". Esta experiência foi definitivamente um ponto de viragem na minha vida. Foi das decisões mais importantes com que me deparei e tomei. Não voltaria atrás, jamais! Ficaram hábitos e referências culturais curiosos:

1- Beber água quente. Chá durante o dia e às refeições. Independentemente do calor que se faça sentir! Adoro o conforto de beber algo quente ou tépido. Principalmente a seguir as refeições.

2 - Negociar preços.

3 - Não estranhar penteados/ cores de cabelo, roupas, calçado diferentes do habitual.

4 - Mover-me numa densa multidão diariamente. Tolerar (relativamente) empurrões e tentativas de passagem à frente, até porque já faço o mesmo.

5 - Tirar os sapatos antes de entrar em casa.

6 - Lavar a loiça nos restaurantes de rua com água ou chá quente e deitar a água utilizada para o efeito para o chão ou para um recipiente colocado no centro da mesa.

7 - Fazer um ar natural com o barulho de sorver líquidos, arrotos, comer com a boca aberta, falar com a boca cheia... Não faço, nem quero fazer o mesmo!

8 - Agarrar os cartões, dinheiro... com as duas mãos em simultâneo e fazer um aceno de baixo para cima (tipo vénia) em sinal de agradecimento.

 

Fecha-se o ciclo de Hong Kong e abraço um novo desafio. Pôr-me ao "caminho" de novo é tão deslumbrante para mim! Conhecer uma nova cultura, novas gentes, cenários diferentes e começar tudo de novo. Pôr-me à prova no desconhecido faz conhecer-me ainda mais. Isso faz-me muito sentido e... É tão libertador! Chama-se a isto viver!

 

Bom ano de 2014! Para além dos alicerces essenciais como a saúde, desejo e peço: motivação, boa energia, vontade de sorrir e ao invés de ser brindada com a sorte ir eu à procura dela e ser feliz!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:08

Kuala Lumpur - Setembro de 2013

por parasergrandeseinteiro, em 03.12.13

O calor era ardente, a poluição fazia-se sentir intensamente, principalmente quando atravessávamos a estrada. Lembro-me de estarmos uma "eternidade" à espera que o semáforo virasse para encarnado e assim pudéssemos atravessar em segurança. Em vão!... porque não houve forma. Atravessamos assim mesmo, à sorte.

 

Relaxei, comi bem (Sempre!), andei muito... quando viajo é assim: gasto sola, e de que maneira senhores!... é a melhor forma de sentir o destino, é explora-lo a pé. Ter oportunidade de ver as pessoas locais na sua rotina, explorar os sítios menos turísticos e entrar na sua realidade na medida possível.

O meu tom de pele não me permite passar muito despercebida por aqui, mas tento misturar e enlear-me nesta realidade.

 

Não acho que tenha conhecido o suficiente para ter uma opinião justa. Foram 3 dias, 3 dias maravilhosos mas por outras razões!

Kuala Lumpur não me fascinou no geral mas ofereceu-me boas recordações em situações particulares:

 

Petronas: Absolutamente magníficas. Merecem uma visita de dia e de noite... Delicioso por-do-sol!

 

 

 

 

 

 

Torres Petronas: um dos arranha-céus mais altos do mundo. São ocupadas pela companhia Petronas, a companhia governamental do petróleo de Kuala Lumpur.

 

Um evento militar que permitiu aceder aos festejos a haver, música, experiências e simulações. E claro que fiz todo o gosto em participar... bastante divertido!

 

 

 

 

 

Parques naturais e muuuuuito para caminhar, conversar, relaxar... cheiinhos de calor mas sempre bem dispostos.

Pediu-se (Pedi!!! LOL) boleia descaradamente a um simpático individuo que parou para nos dar indicações. Estávamos relativamente perdidos, cansados e a ressacar algo fresco que nos saciasse a sede...

 

 

 

Bird Park! Terminamos a tarde em beleza... Cervejinha fresquinha, conversa e mais conversa e mais cerveja.

 

 

 

(Nota: não é fácil, como se compreende, encontrar álcool num pais muçulmano. Mas também não é impossível!) 

 

Ainda a registar: foi içado uma alerta de tufão numero 8 em Hong Kong que me impediu de voltar na data prevista e fez-me aguardar umas 24h até poder regressar a casa.

 

 

 

Um fim-de-semana intenso mas muito divertido que deixou uma doce recordação!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:08

E o amor...

por parasergrandeseinteiro, em 21.11.13

O amor que se pratica no (meu) dia-a-dia, é assim, para entrar a “pés juntos”, egoísta.

 

O amor incondicional sente-se por filhos, por pais… e (aqui) não me atrevo muito porque ainda não tenho a desejada experiencia de ser mãe. Contudo, no (meu) dia-a-dia o amor que se sente está condicionado por um dar e receber e aqui cresce-se e amadurece-se e tornamo-nos em melhores amantes |até de nós mesmos|.

 

O percurso talhado faz-nos melhores, se nós deixarmos e abrirmos o coração. Uma vida inteira talvez não chegue para a perfeição, mas o melhor está na “subida da encosta”.

Para mim, o meu amor é assim algo comparável a uma fé. É um sentido que dou à minha vida.

Se não nos tratam de forma adequada dói, se não nos superam as expetativas já não é o mesmo… lá está, é egoísta! É difícil viver sem ”ele” mas ”ele” é a causa das minhas alegrias, das minhas desilusões e das tristezas. E aqui cabe muito, os amigos pertencem a esse espaço: eu amo alguns amigos, poucos mas amo!

 

Descubro em mim que quando vivo sem amor vivo isenta de autenticidade, falta-me aquela chama aqui dentro. Adoro dar e receber ou receber e dar… um não implica o outro (ou implica!).

 

Dos muitos trambolhões que dou, é imperativo dizer que a vida tem sabido pôr-me à prova e que cada passo à frente é um desafio mais ousado. Como se fosse evoluindo, é exatamente assim que o sinto. Considero-me uma Mulher de sorte por poder crescer e sentir que o amor que procuro (e encontro) e sinto é cada vez mais completo, grandioso, honesto e mais importante que tudo… consciente.

 

“Que bom amar-te pelo respeito que suscitas em mim, pela admiração que cresce por seres tu, pela amizade que existe em nós e porque me fazes sorrir”. E sim, concordo plenamente: que assim seja, eterno, enquanto dure. Depois se a vida assim o ditar, que venha a próxima fase. Mas sempre de peito aberto.

 

“Boa noite meu amor”

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:09

A loucura que por aqui andou!

por parasergrandeseinteiro, em 20.11.13

Sexta feira, dia 15 de Novembro 20:00... a nossa Amália e eu recebemos o meu amigo C. de copo de vinho branco do Douro na mão e muitos abraços saudosos se deram naquela receção tão Portuguesa. Só faltou o caldo verde. Mea culpa (mas não tive tempo).


"(...)uma promessa de beijos

dois braços à minha espera...
É uma casa portuguesa, com certeza!
É, com certeza, uma casa portuguesa!"

Posso dizer que o entusiasmo era tanto que se bebeu uma garrafa assim 'rápido'? e seguiu-se para o jantar.

 

Mudou-se o ambiente para o México, não nos entregamos aos mojitos mas sim as coronitas...

E lá foi!!! Com muita alegria e boa disposição a bailar, a petiscar e a cantar. Sempre "empurrados" com brindes atrás de brindes!

COYOTE bar, HK

 

O presente de aniversário do C. foi um "corte de cabelo" na cadeira do barbeiro. BEBE!!!!

 

Cadeira de shots. COYOTE bar, HK

 

Estreei-me no 2o bar mais alto do Mundo: OZONE no ICC em HK. Ainda não tinha ido e foi uma boa oportunidade.

A noite foi... muito animada!

 

 

ICC, HKK

 

 

Eu, C., F. e M.

(esta fotografia insistiu em ficar deitada, não me apeteceu aborrecer-me mais depois de tentar 10xs para a por direita - Ficámos e estávamos tortos LOL)

 

Acabámos por regressar a casa com um cansaço extremo e com um nível alcoolémico considerável.

No dia seguinte acordamos doentes e ... a jurar que nunca mais bebíamos. A idade já não perdoa! Mas nada nos impediu de ir bater perna por HK. Mesmo estando num estado miserável. Eu ainda hoje estou doente!

MongKok (considerado dos sítios mais densamente populados do mundo) e central foram os sítios escolhidos para passar o dia depois de uma noite tão sui generis.

 

Stanley, HK

 

No domingo deu para fazer uma passeio pela parte mais costeira da ilha com praias.

Stanley proporcionou-nos uma almoço de esplanada muito agradável num edifício colonial com uma brisa quente e uma boa conversa.

 

Matar saudades, lembrar tantas coisas vividas, rizadas e conversas sérias...

É tão bom receber os nossos e sentir que por mais que o tempo passe as coisas não mudam. 

 

O Colchão extra já cumpriu a serventia destinada. Não se prevêem mais visitas até ao final do ano por isso vou vende-lo assim que for possível.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:08

Ora vamos lá ver...

por parasergrandeseinteiro, em 13.11.13

Atraso-me a publicar os tesourinhos, que vou encontrando e quero registar, e depois vai tudo em catadupa.


1- Vista brutal de uma varanda (Sim varanda!!! Aqui em HK quase não há varandas!) de um apartamento:


Num jantar com comida deliciosa, pessoas alegres, um bom vinho... Esta vista até deu colo!

Sai Wan Ho, Hong Kong

 Sai Wan Ho, Hong Kong

 

Passe o tempo que passar, a vista que HK oferece é sempre maravilhosa e impressionante.

Mesmo quem cá vive há muitos anos admite que continua a apreciar a vista (de várias perspectivas) que esta cidade tem!

 

2 - Uma sobremesa chinesa "fofi": 

Está engraçado Sim Sra.! Mas se eu conseguisse descrever o alarido que foi quando os porquinhos chegaram à mesa! Meu Deus! Tanto gritinho e gemido de excitação que só me apetecia mandar um GRITO de ordem!

Chinesinhas... Façam só um bocadinho menos de barulho. Pode ser???


3-Casual Friday: À vontade não e à vontadinha!!!

À sexta-feira o código de vestuário vigente permite ir para a empresa vestido de uma forma mais casual.

O pessoal abusa! Casual pode incluir T-shirts de futebol e fatos de treino... pois! pelos vistos, Pode!


4- Não há cá misérias!

Que maçada! Comprei 4 (Sim QUATRO!!!) MACs e agora tenho que esperar por um táxi para ir para casa!


5 - Pega na sacola, põe às costas e faz-se ao caminho!

E não pia!!! A criança lá ia "na maior"!


6- HappyDeepWali!

Happy Deepawali 

Presente de uns queridos amigos, Festa das Luzes da religião Hindu!


7- Já começa o martírio!!!

Para o Natal eu desejo (apenas) Saúde, Sorte e Sucesso na vida... E já que estou a ser "lambona": DEIXAR DE GOSTAR (tanto) De CHOCOLATE!


8- Em HK vê-se muitas senhoras com trabalhos de esforco:

Confesso que às vezes me da alguma misericórdia.

Porque, se por um lado se pratica (dizem!) a cultura de a mulher tentar arranjar homem "branco" para ter uma boa vida, muitas há que se esforçam fisicamente por um prato na mesa... O meu respeito!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:19

O "Diabo" sente comichão antes...

por parasergrandeseinteiro, em 13.11.13

1,...3!

 

De eu despachar esta ceninha!!!

 

 Não há tempo para esfregar um olho!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:13

A Sra. da fruta

por parasergrandeseinteiro, em 08.11.13

Faço aquele caminho quase todos os dias.

Gosto muito de observar aquela rua a acordar, enquanto eu caminho pela minha rotina. Apanho o eléctrico numa rua mais à frente.

Apaixona-me a sua dinâmica. É diferente consoante o período do dia. Já conheço as suas  personagens principais e vou imaginando histórias para algumas delas.

Olho de esguelha e fico presa ali…

A forma como aquela senhora, de (descom)postura marcada pelo esforço diário que o seu ofício requer, encara chama-me a atenção. Todos os dias entre as 8:00 e as 8:30 da manha lá esta a montar a banca!

Forra-a de flores e com algumas frutas e sempre da mesma forma.

Faz uso de umas caixas bem usadas, muitas já não estão completas e alguma têm a madeira apodrecida, mais uns caixotes maiores, ferros “descasados”… Agarra-se aquilo e não vê mais nada!

 

Já lhe arranquei um sorriso, vi-lhe os poucos dentes que tem e estão mal tratados… queria agarrar-lhe o olhar, mas ela não deixa!

Adoro aquela rua, gosto de ir e voltar por lá. Um recanto sem carros cheio de comércio local, para mim é sem duvida um dos encantos de HK: tão tecnológica e ao mesmo tempo tão tradicional.

 

Senhora de olhos fundos e cansados, eu gosto de si!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:36

Momentos que ficam (aqui dentro)

por parasergrandeseinteiro, em 05.11.13

Nesse dia não tinha recebido uma grande noticia. Pareceu-me assim nessa altura.

Queria (mais uma vez) aquele chão seguro e robusto debaixo dos meus pés!

O que se faz sem “certezas” e previsões…? (ui tanta coisa! e também se come e toma banho).

 

Era o final de um dia de trabalho, esperava no portão para embarcar e ocorriam-me milhares de pensamentos, questões...

 

Iria voltar a uma cidade que tinha ficado a “meio”, tínhamos mais para viver do que a primeira vez nos permitiu.

Isso agradava-me, mas confesso que ia desejosa por te ver.

Cresceu aquela emoção e sentimento, mal podia sentir o “mote” para ao avistar-te "fazer a chamada" e acelerar o passo e correr para esses braços.

 

Entrei num paraíso.

Descansei a alma como nunca… 

Vi as cores mais vivas de muito tempo, voltei a cheirar delicias e horrores tao contrastantes e característicos desta cidade.

Recebi e dei muitos sorrisos.

Sentia-me leve, as minhas pernas seguiam a minha curiosidade.

Caminhei até sentir gastar as solas dos sapatos, adormeci no teu ombro na viagem doce e interminável de barco. Fui bem massajada por abençoadas mãos de quem sabe (como adoro aquela forca).

 

Conversei muito (o que adoro falar!), mas vivi pacíficos silencios… Cada vez os aprecio mais.

Chinelo no pé, um trapinho confortável, boa energia, um olhar doce ao meu alcance e dias inteiros pela frente. Um paraíso gerou-se, assim!

 

Consegui isolar aqueles momentos cheios e completos, senti amor pela vida de uma forma tão genuína. Eu estava ali!

Digo com vaidade: Eu sou assim! (sempre que consigo!)

 

Banguecoque, Tailândia. Setembro de 2013

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00

Bom dia HK!

por parasergrandeseinteiro, em 31.10.13

BOM DIA!!!

 

Adoro manhãs:

- Quando durmo bem;

- Porque tenho oportunidade de andar a pé para o trabalho e o tempo está convidativo;

- e porque adoro começar o dia da melhor forma e com energia!

 

Aqui em HK, como ninguém me percebe (português), ando a desenvolver um hábito que me dá bastante prazer! Cantar... Atenção que canto mal "para caramba". Mas adoro quando me lançam aquele sorriso que transmite: És estranha mas gosto da tua energia!

 

Canto na rua, músicas portuguesas normalmente: Simone, Carlos do Carmo, e outros que não confesso :)

Esquisitos somos todos aqui!!! Cada um a sua forma e a minha hoje foi assim:

 

Toma lá:

Tonicha - Zumba na caneca!!! 

E lá ia eu, ora Zumba na caneca, Catrapumba e aos saltinhos....

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:24

Um menu... diferente!

por parasergrandeseinteiro, em 31.10.13

Deve ser do Outono, que por cá ainda não se faz sentir com as características habituais (para mim), mas ando com um apetite que merecia que me fechassem numa jaula!

 

Mas esta Chinesada hoje resolveu ajudar-me!!!

Em grupo encomendaram um "pitéu" e chamaram-me para petiscar (esta é a altura que um expat se benze!).

Se calhar estou a ser má, mas eu acho que eles se divertem a ver-me torcer o nariz com as suas escolhas gastronómicas. Eu não percebo o que eles dizem, mas estou certa que os ajudo a passar o tempo.

 

E apresento-vos: Galinha? Porco? Cordeiro? Gato? Morcego? (não me quiseram dizer) envinagrado (o cheiro era inarrável) e ainda me adiantaram que era docinho... Eu tive uma necessidade repentina de sair dali!

Fui dar uma volta e almocei o meu almoco as 14h!!!

 

 

Esta "coisa" conservada nuns frascos enormes envoltos em rede....

 

 

Eu "arranco" tudo, mas esta gente é louca!

 

A seguir ao almoço... Nem Vivalma!

Se calhar foram ao medico!

Ou era tarde livre e eu não percebi...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:09

Sai daí ATG!!!!

por parasergrandeseinteiro, em 30.10.13

Eu adoro pão quente, aprecio (TANTO) bons bolos...

Aqui em HK, está-se longe do paraíso de boas pastelarias e de pão já não se fala. (Eles não sabem o que é pão!)

As saudades de um pão alentejano são tantas e a apresentação destas padarias é tão deliciosa... que pode-se tornar perigoso.  

 

Saí apenas com um pacotinho de pão integral.... (Linda!)

Sai daí ATG!!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:13

NOT#14

por parasergrandeseinteiro, em 28.10.13

Ora bem...

 

1- Não há espaço na mesa para as bebidas e afins...? Isso resolve-se:

 

2- Uma técnica que está nos genes. Eu posso tentar explicar mas poucos conseguem faze-lo com esta perfeição.

   2.1- Uma pata de galinha frita na boca (toda por inteiro);

   2.2- Volta+Reviravolta (técnica secreta) no interior da cavidade oral;

   2.3- Ossada limpa e perfeita numa -projecção exacta e seca- para o meio da mesa (um prato se tivermos sorte).

 

Um "Must see" por aqui!

 

3- Esta situação confunde-me:

Quem tem prioridade? Regra da direita?... Somos tantos nas ruas, temos que nos respeitar.

Eu ca por mim dou cedência de passagem! 

 

4- Guardanapos? Para que servem os guardanapos (perguntam eles)?

Aqui, excepção feita a restaurantes de nível um pouco mais alto, os guardanapos não são habituais!

A não ser que sejam para limpar o écran do telemóvel enquanto se come batatas fritas e se joga em simultâneo...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:24

HAVAIANAS... Nunca mais!

por parasergrandeseinteiro, em 23.10.13

As primeiras havaianas surgiram em 1962 inspiradas numa sandália Japonesa típica chamada Zori.

 

 

Gosto do seu design e conforto, e por isso há muito tempo que as uso. Já comprei e ofereci inúmeros pares, principalmente nas viagens que fiz ao Brasil mas… Em termos de segurança deixaram de me convencer.

Por experiência de outrem e agora pela minha própria experiência deixaram de ser a minha eleição.

 

Viagem a Sabang:

 (Eu e o meu irmão. Fotografia de Miguel Miraldo)

 

Outubro 2013, Sabang (Palawan), Puerto Princesa, Filipinas

 O tipo de rocha lascada em forma de bisel disposta em camadas sequenciais da uma uma imagem continua com altos e baixos. Um trabalho muito bem ordenado pela natureza.

 

 (Eu, F. e o meu irmão. Fotografia de Miguel Miraldo)

A travessia por por esta via não era uma grande ideia mas pareceu-nos possível. Aí fomos nos!

Em grupo íamos decidindo: Vamos por aqui, depois por ali, atenção onde se colocam os pés!

Esperávamos que a onda rebentasse numa explosão impressionante que culminava numa ascensão de espuma vários metros acima de nós e o caminho ficava livre novamente, por uns segundos (necessários), para atravessar para a próxima etapa.

Outra rocha e assim sucessivamente ate chegar a desejada praia a jusante da cabana onde pernoitamos embalados pelo som do mar.

 

 (Fotografia de Miguel Miraldo)

  

Num determinado momento, uma das minhas havaianas cede e torce-se (não são o calçado ideal para andar em cima de rochas é um facto!), tropeço, agarro-me num “mano a mano” à rocha lascada com inúmeras laminas afiadas, numa intimidade em que “lhe” implorei um abraço reciproco “NÃO ME DEIXES IR!!!”.

Perdi os segundos a que tinha direito para a minha passagem para a rocha seguinte e fui coberta e esmagada pela força da água que me faz deslizar, com o devido atrito e posteriores sequelas, pela rocha abaixo.

Eu só não queria soltar-me e ficar à demanda da corrente. Aí as consequencias seriam mais graves!

O pior passou, sentia dor e ardor mas galguei a rocha com a uma força e vontade que antes não existiam. A adrenalina faz milagres.

 

Cheguei a um topo um pouco mais seguro, contudo ainda ao alcance da água.

Eu levava comigo a câmara fotográfica do meu irmão à tiracolo numa bolsa de viagem bem volumosa, muito mais resistente que poderia achar, já que fiquei submersa na água por segundos.

Logo que ganhei algum tempo abro a bolsa embebida em água e saco a maquina num gesto rápido e preciso e prossigo caminho com o braço esticado, a mão ao alto a segurar a câmara.

A F. ao avistar-me lança-me uma expressão de espanto e diz: Calma! Vamos tratar disso e vai ficar tudo bem!

Olho para as minhas pernas encarniçadas do sangue que escorria e percebi que me tinha magoado à séria. Os cortes não foram profundos embora numerosos, os hematomas foram significativos mas não tiveram consequencias maiores.

 

Perdi os chinelos, feri-me e mergulhei a câmara fotográfica do meu irmão no mar.

 

O meu irmão enfureceu-se com a minha preocupação com a maquina, o que poderia levar a uma segunda colheita pelo mar.

É bom interiorizar que nestas situações o material não é importante e os acidentes mais graves acontecem muitas vezes por essa preocupação. Contudo a câmara salvou-se, felizmente!

 

Embora eu queira muito, ainda não tenho a força de braços que tinha antes e tenho que ter uma postura mais conscienciosa e defensiva nestas situações. Tenho que ter paciência!

 

Ainda com havaianas, mas com outro protagonista - o meu irmão - no caminho para casa, agora pelo mato a dentro (uma alternativa mais segura e com algumas surpresas também), torceu uma havaiana (outra vez) e deu um mergulho direto numa poça densa de lama.

Ouço um splash, olho para trás, procuro o meu irmão branquinho e imaculado e encontro uma personagem castanha enlameada e irritada! A situação serviu de analgésico para as minhas mazelas e ainda me fez dar umas boas gargalhadas.

 

(aguardo uma foto ilustrativa da hilariante situação :))

 

Para mim Havaianas nunca Mais!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:13

STEP MAD + GASTON = Not for me!

por parasergrandeseinteiro, em 11.10.13

Por mim, idealmente, todos os dias trabalhava, fazia desporto, passeava e tinha boas conversas, fazia a minha sessão de higiene/maquilhagem/desmaquilhagem (que quem me conhece sabe que me toma um tempo significativo, mas que eu adoro por ser um tempo dedicado a mimar-me), cozinhava, escrevia, lia as noticias e/ou um livro, via uma serie e dormia 8 horas…

Como uma pessoa passa graaaande parte do seu dia no trabalho (e a trabalhar LOL) torna-se difícil (Impossível!) conseguir conciliar todos estes requisitos, na minha opinião, ideais para uma vida feliz e equilibrada!

Pois bem, de forma a libertar um pouco o meu serão, ando a tentar ir ao ginásio à hora de almoço. Tenho-vos a dizer que isto requer uma logística incrível e todos os passos têm que estar perfeitamente alinhados, porque basta os chinelos estarem no fundo da mala já me faz perder 30 segundos não planeados!

Hoje experimentei uma aula de: STEP MAD

Ohhh! Olhei para o nome… Canja, quantos milhares de aulas de step. Bodystep, PowerStep fiz eu? Bora lá equipa!
...


Difícil será descrever o que é realmente STEP MAD…
-Segundo a informação disponível no sitio da web do ginásio:

STEP MAD:

“Maximum Attitude Dance! A continuous fusion of 21stcentury Step and dance that is full of energy. Great music and lots of rhythm. An exhilarating and challenging workout!”

"Dança com máxima atitude! Uma fusão do STEP do século 21 e de dança cheia de energia, muita música e muito ritmo. Um treino estimulante e desafiador! "

- Segundo a minha descrição e experiência: Máxima má disposição tais são as voltas, voltinhas e reviravoltas que se dão. Frustração por não apanhar a coreografia, ou devo-lhe chamar descarga exagerada de energia com gestos bruscos e ultra-rápidos com braços no chão pernas no ar, e troca!, vira!, salta!, estica! e vai e vem! e troca a perna (a outra!)...… e não sei!?

Como sou uma mulher de não perder tempo.

Não gosto! Fico aborrecida se me fazem perder tempo só porque sim…

Achei que uma boa forma de aproveitar o tempo que ali estava (pronto desisti da aula! mas permaneci no espaço da mesma) foi começar a fazer as minhas próprias coreografias, saltos, elevações de joelhos, de braços e tudo o que achava que me fazia gastar energia eficientemente e que me recordava das anteriores experiencias de STEP. Só queria o espaço, o espelho e a musica. Ignorei o professor!

No final o rapazinho-professor Gaston veio-me perguntar se era a minha primeira vez e se  tinha tido dificuldades com a minha adaptação à aula. Ao que respondi: Não!!! (ACHA MESMO?) está tudo bem! Só tive dificuldade em apanhar a coreografia completa, mas isso vai lá com o tempo. 

Ele achou-me um E.T. (so what?) e eu sai de lá super bem disposta e fui-me a rir para o chuveiro.

STEP MAD!? Deves… Espera aí que já vou outra vez!

A minha querida mãe dir-me-ia: Ai filha, és tão maluca!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:58

Paintball

por parasergrandeseinteiro, em 03.08.13

Paintball: A minha primeira vez!

 

 

Muita chuva, mas estávamos num "excitex"!

 

 

Guerra!

 

 

Uma das coisas muito boas que me aconteceu por cá foi conhecer a F.Uma muito boa amiga!

Somos parecidas qb, e no que toca a palhaçada a junção é perfeita ou explosiva, ainda não estou esclarecida!

 

 

Éramos as únicas meninas, mas isso não nos fez temer!!!

(confesso que por batota ou porque não dávamos conta, nunca morríamos LOL)

 

 

A "argamassa" de guerra, matar pessoas da fome:

 

 

Picadas, nódoas negras e feridas não me faltaram:

(Ando-me a destruir por cá)

 

 

(Ainda pretendo completar este post com fotos que aguardo)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:14

Not#12

por parasergrandeseinteiro, em 01.08.13

Ao longe uma multidão, ainda mais densa que o normal, encavalitados uns nos outros.

 

O que será? Não fiquei muito esclarecida.

 

Mas umas pernas muito magrinhas e umas grandes maminhas... estavam lá a fazer poses sensuais! :) E o pessoal a vibrar!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:42

Era uma vez...

por parasergrandeseinteiro, em 01.08.13

Uma menina que queria muito um amaciador de uma marca brasileira.

Porque?

Porque queria...

E não há em HK?

Não! Teve que mandar vir dos EUA. Em HK há de tudo menos esta marca!

Pronto... pediu a embalagem maior: 60 Oz, e já que estava a encomendar uma, pediu logo duas embalagens...

Os portes de envio atingiram uma valor inarrável, mas como a menina queria mesmo o amaciador, encomendou!

E ao menos tinha noção a quantos Kg equivalem 60 Oz?

Não! Só percebeu quando recebeu em Hong Kong, mais precisamente na empresa, 3400 g de amaciador! 

 

 

60 Oz = 1700 g

Pronto, se há coisa que não faltará é amaciador para mim e para os amigos!

(Brutinha)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:59

Not#11

por parasergrandeseinteiro, em 31.07.13

Não há milagres...

 

 

Puxa aqui e puxa ali, e não chega! :)

 

(Vou para o Inferno!)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:32

Not#10

por parasergrandeseinteiro, em 24.07.13

A minha chefe (C):

- Vai haver uma parte do congresso em cantonense.

Eu:

- Ok!

C:

- Leva um livro se quiseres.

Eu:

- Boa ideia! Agradeço a preocupação!

 

Eu não percebo o que vocês dizem, mas vocês também não percebem o que eu leio :)

 

«Como é linda a puta da vida», crónicas de Miguel Esteves Cardoso

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:23

NOT#9

por parasergrandeseinteiro, em 16.07.13

Em 2006, segundo a minha pesquisa, Hong Kong apresentava um taxa de penetração de telemóveis de 137%, o que quer dizer que havia 13,7 assinantes de telemóveis por cada dez pessoas. Estou em crer que este fato não espante ninguém que se desloque por estas ruas... telemóvel e oxigénio estão no mesmo nível de necessidade.

 

Por falar em telemóveis... a minha marmita, onde trago o almoço para a empresa, já quase colapsou alguns dos meus colegas!

 

Passo a explicar:

Abro a marmita e deixo a tampa junto ao lava-loiças da copa.

Sento-me a almoçar a uma distância e numa posição que não perca o campo de visão da mesma (eu vou para o Inferno!!!) e depois e só apreciar a situação.

 

Eles aproximam-se, mandam as mãos a cabeça, ou ao peito, e pegam imediatamente na tampa para limpar...

Ou seja: confundem a minha tampa com um Samsung Galaxy. Se eu não sabia qual era o modelo, agora já sei porque me explicaram logo...

Isto já aconteceu umas 5 vezes. 

 

Vêem telemóveis em todo o lado! São os maiores!!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:54

O meu cabelo tem vida própria!!!!

por parasergrandeseinteiro, em 21.06.13

Não percebi ainda, se é por causa do clima ou se simplesmente tem vida própria.. Mas já por varias vezes acordei assim... e não baixa!!!

Electricidade estática.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:13


Mais sobre mim

foto do autor





Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Calendário

Março 2016

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031






eXTReMe Tracker